Carregando página e atualizando alguns links


  

Avenida João César de Oliveira, 2660 - Bairro Eldorado, Contagem,  MG - Telefone: (31) 3391-2550

   

Menu
Orvile Contagem

Fechar Estrutura

Fechar Localização

Fechar Depoimentos

Fechar Editais de Concursos

Fechar Gabaritos

Fechar Recursos de Provas

Fechar Fale Conosco

Anúncio

Precisando de hospedagem de sites?

FENELASHOST

Hospedagem de qualidade.

www.fenelashost.com.br

Bem vindo ao Site oficial do Curso Orvile Carneiro Contagem!

A HISTÓRIA DO CURSO ORVILE CARNEIRO

50 ANOS DE APROVAÇÕES

          Em 1961, o estudante de engenharia José Orvile Martins Carneiro, conhecido como professor de português, matemática, ciências e desenho, formou sua primeira turma de candidatos à Escola Técnica Federal (hoje CEFET). Seus alunos tiveram uma excelente aprovação. Assim nasceu o Orvile Carneiro, já com a fama de "campeão de aprovações".

Ainda na década de 60, o Orvile Carneiro ganhou amplas instalações, aprovando centenas de alunos.
            Na década de 70, o Orvile Carneiro iniciou um processo de diversificação, passando a atuar também na área de preparação de candidatos aos principais concursos públicos do país e iniciando as atividades de sua Escola Técnica, que durante anos foi sinônimo de qualidade. Foi nesta época que o Orvile Carneiro ergueu o prédio da rua Ubá, no bairro Floresta, em Belo Horizonte.
           

 

     
 
     

          Os anos passaram e o Orvile Carneiro continuou crescendo e aprovando. Na década de 80, ainda estava em atividade a Escola Técnica, com laboratórios de ponta e ensino de qualidade. Foram milhares de formandos que hoje atuam nas mais diversas áreas técnicas do país.
           

     

          Na década de 90, o Orvile Carneiro centrou sua atuação na preparação para concursos públicos e CEFET/COLTEC, desativando a Escola Técnica. Foi uma decisão estratégica de forma a fortalecer ainda mais a atuação no seguimento de cursos preparatórios. A liderança nas aprovações dos candidatos, que já existia, consolidou-se por completo. O Orvile Carneiro passou a ser líder absoluto em aprovação, contando com mais de 35 mil alunos aprovados.
           

       

          O ano 2000 chegou e, com o novo milênio, novas unidades surgiram, possibilitando que cada vez um número maior de candidatos tivesse a melhor preparação. O Orvile Carneiro passou a contar com as unidades Centro, Contagem, Pampulha, Praça 7 e centenas de unidades espalhadas pelo Brasil por meio do ensino via satélite.
           

       
 
       
 
           

          Hoje, com 50 anos de existência, são mais de 55.000 alunos aprovados em concursos públicos e em exames de seleção do COLTEC e do CEFET. A trajetória do Orvile Carneiro é marcada pelas conquistas e pelas vitórias de seus alunos, sendo hoje líder em aprovação no Brasil.

Por meio da InteraSat, o Orvile Carneiro está presente em diversas cidades do Brasil oferecendo os melhores cursos, professores e material didático para seus alunos.

MISSÃO
"Contribuir por meio da Educação para a atualização de conhecimentos, proporcionando às pessoas realização profissional e crescimento individual".

CORPO DOCENTE
Os professores do Grupo Orvile Carneiro possuem ampla experiência em concursos públicos e, em sua maioria, atuam em Órgãos Públicos. São professores especializados na preparação para Concursos, possibilitando aos alunos a aquisição de conhecimentos atuais e pertinentes aos editais.

CEFET/COLTEC
O Grupo Orvile Carneiro possui uma equipe de professores qualificados com mais de 25 anos de experiência. Os professores são pós-graduados ou mestres formados em diferentes instituições, inclusive no CEFET. Nossos professores possuem uma didática especial para atender às nescessidades dos adolescentes visando contribuir para uma melhor preparação para os exames de seleção do CEFET/COLTEC e um maior índice de aprovação a cada ano.

SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO AO ALUNO
O Orientador Educacional é o profissional que trabalha diretamente com os alunos, ajudando-os em seu desenvolvimento pessoal e orientando-os nos estudos para que sejam mais proveitosos. Trabalha também em parceria com os professores, visando compreender o comportamento dos alunos e com os pais ou responsáveis, orientado-os sobre como ajudar seus filhos nessa etapa de preparação para os exames.

Venha Fazer parte da nossa História!

 

 


As 5 últimas notícias


 

O concurso para o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) está sendo aguardado por muitos concurseiros. Em entrevista à FOLHA DIRIGIDA, a secretária-geral do tribunal, Patrícia Montenegro, adiantou os preparativos para o concurso, assim como os salários e benefícios atuais. Ela também falou do aumento no quantitativo de vagas, que passou de 13 para 19 vagas, além de cadastro de reserva para programação de sistemas. "Estão previstas 16 vagas para técnico judiciário da área Administrativa, uma para técnico em Contabilidade; e duas para técnico em edificações. Estamos trabalhando com a previsão de divulgação do edital até o final deste ano." Atualmente, o orgão conta com 28 servidores. Segundo Patrícia Montenegro, o quadro de pessoal desta regional conta, entre ocupados (1.659) e vagos(49), com 1708 cargos.

FOLHA DIRIGIDA - Qual a previsão de divulgação do edital ?
Patrícia Montenegro - Está prevista a divulgação do edital de abertura no final deste ano. 

O documento pode sair até dezembro?
O edital de abertura de inscrições tem que ser divulgado ainda este ano. 

Como está o processo de realização do concurso? Já está sendo escolhida a organizadora?
O projeto básico para contratação da empresa já foi elaborado pela comissão do concurso e está em fase de aprovação para abertura da licitação. 

As inscrições estão programadas para quando?
Também para o final deste ano.

Quando a senhora pretende contar com os novos servidores?
A partir do 2º semestre de 2015. 

O concurso também será destina ao cadastro de reserva?  Portanto, mais candidatos poderão ser chamados?
Sim, o concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois anos e, assim, havendo disponibilidade de novas vagas, os candidatos aprovados em cadastro de reserva poderão ser nomeados. 

Qual a remuneração? E os benefícios ?
A remuneração de técnico judiciário a partir de 1º de janeiro de 2015 será de R$5.648,35, além do auxílio-alimentação, no valor de R$710, passando a R$6.358,35 mensais. 

O programa será o mesmo do concurso anterior?
Isso só ficará definido no edital. O conteúdo programático ainda será reavaliado.

Inicialmente serão 13 vagas?
Estão previstas 16 vagas para técnico judiciário, na área Administrativa; uma vaga para técnico em Contabilidade; duas vagas para técnico em Edificações; e cadastro de reserva para programação de sistemas. 

Como funciona o concurso interno de remoção?
Antes de cada nomeação de candidato aprovado em concurso, há a realização de concurso interno de remoção. 

O concurso depende da conclusão desse processo?
Não. Somente as nomeações dependem de prévia realização de concurso interno. 

Como está o quadro de pessoal do tribunal? Há terceirizados?
O Quadro de Pessoal deste Regional conta, entre ocupados(1659) e vagos(49),  com 1708 cargos. Há terceirizados na Secretaria de Tecnologia da Informação. São 28 servidores da CTIS.


Quais os cargos existentes hoje no tribunal?
Analista judiciário-área apoio especializado-esp. Análise de Sistemas-Desenvolv.; analista judiciário-área apoio especializado- esp. Arquitetura; analista judiciário-área apoio especializado-esp. Biblioteconomia; analista judiciário-área Adm.- especialidade Contabilidade; analista judiciário-área apoio especializado-esp. Engenharia; analista judicário-área apoio especializado-esp. Medicina; analista judiciário-área apoio especializado-esp. Odontologia; analista judiciário-área apoio especializado-esp. Psicologia; analista judiciário-área apoio especializado-esp. Taquigrafia; analista judiciário -área Judiciária; analista judiciário - área Administrativa; analista judiciário-área apoio especializado-esp. Assistência Social; analista judiciário-área apoio especializado-esp. Estatística; técnico judiciário - área Administrativa; técnico judiciário-área Adm.-especialidade Contabilidade; técnico judiciário-área Serviços Gerais-esp. Telefonia; técnico judiciário-área apoio especializado-Esp. Assist. à Microinformática; técnico judiciário-área apoio especializado- Esp.Programação de Sistemas; técnico judiciário-área apoio especializado-Esp. Operação de Computador; técnico judiciário-área apoio especializado-esp. Enfermagem; técnico judiciário-área serviços gerais- Esp. Mecânica; técnico judiciário-área serviços gerais- esp.Eletricidade/Telecomunic.; técnico judiciário-área serviços gerais-Esp. Artes Gráficas; e técnico judiciário-área Adm.-esp. Segurança.

 

Há carência de pessoal? 
Sim. Em levantamento realizado em 2011, comunicado ao TSE por meio de ofício, tínhamos um déficit de 653 cargos. 

Quais os cargos e áreas com os maiores deficits?
Área Administrativa. 

Com relação aos cargos de nível superior, há necessidade de realização de novo concurso? Há seleção com prazo vigente?
O último concurso para analista foi realizado em 2012/2013 e ainda encontra-se em validade (até 16 de outubro de 2015, prorrogável por dois anos).

Quando poderá ser realizado novo concurso para analista?
Provavelmente em 2017. 

Quando foi realizado o último e quantas servidores tomaram posse?
O último concurso para nível superior ocorreu em 2012/2013 e 50 servidores já tomaram posse e entraram em exercício.

O tribunal tem um plano de cargos e salários?
Sim, a Lei nº 12.774/2012 que dispõe sobre as carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União, fixa os valores de sua remuneração e dá outras providências.

Há projeto para a valorização do servidor?
Sim. Há investimento na formação, aperfeiçoamento, capacitação e desenvolvimento dos servidores.
 
O que vai representar para o órgão a entrada de novos servidores?
A entrada de novos servidores possibilitará o funcionamento mais adequado, principalmente aos cartórios eleitorais do interior que apresentam déficit maior de pessoal.

Leia mais...


O Ministério da Saúde (MS) pretende realizar concurso público em 2015. De acordo com a solicitação feita ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), a seleção tem como objetivo prover cargos de médio e superior. A lotação será feita na sede do ministério, em Brasília, e em núcleos estaduais do Ministério da Saúde. A solicitação chegou ao gabinete da ministra Miriam Belchior no mês passado, em 24 de junho, e, após passar pela Assessoria Técnica e Administrativa (Astec), Secretaria Executiva (SE) e Secretaria de Gestão Pública (Segep/MP), está, atualmente, em trâmite no Departamento de Modelos Organizacionais e Força de Trabalho dos Setores Social e de Desenvolvimento Econômico e Produtivo (Desep/Segep). 

O Departamento de Comunicação Social do Ministério da Saúde informou que os cargos e especialidades contempladas, requisitos e o número de vagas só serão divulgados após a eventual autorização do Ministério do Planejamento. Em 2008, o MS realizou concurso para o preenchimento de 900 vagas de agente administrativo, de nível médio, oferecendo R$1.814,95 de remuneração pela carga de trabalho de 40 horas semanais. As oportunidades, em sua maioria, eram para a sede, no Distrito Federal (600). O restante foi dividido por outros núcleos estaduais, entre eles, São Paulo (30), Ceará (15) e Rio Grande do Sul (15). Em 2013, foi feita nova seleção, cujas chances (265) eram nas funções de analista técnico administrativo, administrador, bibliotecário, contador, economista, engenheiro civil e engenheiro eletricista, de nível superior, com remunerações entre R$4.354,41 e R$7.095,34. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) organizou ambos os concursos.

 

Leia mais...


 

Reunido na tarde desta quinta-feira, dia 17, em Belo Horizonte , sob a presidência da desembargadora Maria Laura Franco Lima de Faria, o Tribunal Pleno do TRT-MG autorizou a presidente da instituição a dar início ao processo de eliminação dos autos findos de 2007/2008. O Órgão Especial, por sua vez, reunido logo em seguida, autorizou a abertura de Concurso Público para provimento de cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário, com submissão do respectivo edital ao Tribunal Pleno.

Na abertura da Sessão, a desembargadora Maria Laura Franco Lima de Faria comunicou aos demais desembargadores o sucesso do serviço de Certidão Eletrônica de Ações Trabalhistas - CEAT, recentemente implantado no site do Tribunal. "Este serviço está abrangendo todo o estado de Minas e possibilita que a consulta seja feita de forma segura em todas as 160 unidades do estado. E nesses 9 dias de implantação, já demonstra seu sucesso".

Ainda na sessão de ontem, a Presidente do Tribunal deu as boas-vindas aos novos desembargadores do Tribunal, Milton Vasques Thibau de Almeida e Luis Felipe Lopes Boson, que, nesta sexta-feira, dia 18, às 17:30 horas, participarão da sessão solene de posse no Plenário do TRT.

 

Fonte: site TRT-MG

Leia mais...


 

 

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aguarda autorização do Ministério do Planejamento para abrir concurso visando ao preenchimento de 2 mil vagas de técnico do seguro social, cargo que exige o nível médio. Mesmo que a solicitação seja contemplada na íntegra,o quantitativo não vai suprir as necessidades da autarquia, que precisará  ter jogo se cintura para dar conta de suas atribuições e atender, de forma satisfatória ,os segurados e pensionistas do país. De acordo com nota técnica encaminhada ao Planejamento, em meados do ano passado, para justificar a abertura de novos concursos, o INSS alegava que, no período entre 2010 e abril de 2013, havia uma vacância de 5.054 servidores, sendo  3.253 somente na carreira de técnico do seguro social. “As vacâncias devem ser somadas às necessidades das agências da Previdência Social que não foram contempalda com servidores no concurso de 2011” , informa o documento, ao qual FOLHA DIRIGIDA teve acesso.


De acordo com a nota técnica, ficaram vagos 1.107 cargos em 2010, 835 em 2011, 906 em 2012 e 405 até abril de 2013, somente na carreira de técnico do seguro social. Como a média é de quase mil vacâncias por ano, tendo como base os número acima,estima-se que existam atualmente mais de 4 mil vagas em aberto para serem preenchidas somente nesta carreira. Assim como já havia sido informado pela Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social (Anasps) , a nota técnica ainda ressalta que “existem mais de 10 mil servidores (incluindo analistas e peritos médicos) em abono de permanência, isto é, que já possuem condições para requerer aposentadoria”.


O pedido de novo concurso encaminhado ao Ministério do Planejamento, segundo o INSS, é de 3.080 vagas, sendo 2 mil para técnico do seguro social e 1.080 para perito médico. No entanto, a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, teria dito a uma grupo de parlamentares que irá autorizar o preenchimento de 1.500 vagas na primeira carreira. Já para a segunda, a seleção seria realizada em outra oportunidade. Para o presidente da Anasps, Alexandre Lisboa, o concurso precisa ser realizado urgentemente. “Frente à atual necessidade, a realização de concurso é inevitável. Além da carência, há muitas aposentadorias previstas”, garantiu.
 

Independentemente da oferta de vagas que será autorizada pelo Ministério do Planejamento, os futuros candidatos devem manter a preparação em dia para obterem a melhor classificação possível. A grande carência de pessoal deve ser vista também como algo positivo, pois além da oferta estipulada em edital, certamente muitas outras deverão  surgir durante o prazo de validade do concurso. Vale destacar que o INSS tem tradição de chamar muitos aprovados. No último concurso, realizado em 2012, para 1.500 vagas de técnico e 375 de perito médico, cujo prazo de validade terminou em abril deste ano, foram feitas 5.020 convocações (a seleção contou com 6.881 aprovados), ou seja, 133% além da oferta prevista em edital. Deste total, cerca de 90% das contratações ocorreram para o cargo de técnico. Já no concurso de 2008, quando foram oferecidas 1.500 vagas somente para técnico, 2.100 aprovados foram empossados.
 

O cargo de técnico tem remuneração de R$4.400,87 e o de perito médico, R$10.056,80. No último concurso para a primeira carreira, os candidatos foram avaliados por meio de prova objetiva com 60 questões, sendo 20 de Conhecimentos Gerais (Português, Regime Jurídico Único, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Raciocínio Lógico e Informática) e 60 de Conhecimentos Específicos.

 

Leia mais...


 

O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) já definiu a oferta de vagas em seu concurso público. Ao todo serão 13 oportunidades para a carreira de técnico judiciário na área administrativa, para atuar nas zonas eleitorais do interior do estado. Além disso, ainda está em estudos a possibilidade de oferta para outros cargos e outras especialidades.

 

Para concorrer ao cargo é necessário possuir apenas ensino médio. A remuneração inicial da categoria é de R$ 4.635, incluindo gratificações. Além disso, como benefícios, o órgão também oferece auxílio-alimentação, assistência médica e plano odontológico.

De acordo com a presidente da comissão do concurso, Livia Heringer Lana Pentagna Guimarães, já foi definido que a escolha da organizadora será feita por meio de licitação. "Desta forma, como este processo ainda demanda algum tempo, nossa intenção é de que a publicação do edital e recebimento de inscrições ocorram ainda neste semestre. Mas acredito que a aplicação das provas deverá ficar para 2015", diz. "Mas claro que tudo isto ainda depende do tempo necessário para a escolha da banca", ressalta. "De qualquer forma, o projeto básico do concurso já foi concluído e agora está em fase de análise", diz.

 

Atribuições - As atribuições do técnico judiciário na área administrativa estão relacionadas a atividades de administração de recursos humanos, materiais e patrimoniais, orçamentários e financeiros e controle interno, bem como as de desenvolvimento organizacional e suporte técnico e administrativo às unidades organizacionais.

O último concurso para técnicos ocorreu em 2009 e, além da área administrativa, abrangeu as de contabilidade, enfermagem e programação de sistemas.

A organizadora foi o Cespe/UnB. Ao todo foram registrados 91.417 inscritos para a oferta inicial de 100 vagas. Somente para a área administrativa foram 85.098 inscritos para a oferta de 70 oportunidades.

 

Fonte: Blog Eu Vou Paasar

 

Leia mais...



AVISO IMPORTANTE

wink Faça sua matrícula com antecedência e ganhe descontos incríveis! smile


Buscar no site



Enquete
Avalie Nosso Atendimento
 
Génial !
Ótimo
Bom
Regular
Ruim
Resultados
^ Topo ^